Sixth

para manter seu gramado sempre verde sem desperdicio de agua e luz, ligue agora – 21 2430-3322 _/_ vendas@irricomrio.com.br

Publicações

Sempre atualizando informações


Projeto de um sistema de irrigação – introdução

29/03/2017
rainbirdrj
3 comentários
Bookmark and Share

Apresentamos alguns princípios básicos de projeto de sistemas de irrigação estando a disposição sobre responder a algumas perguntas que você tenha sobre este tópico.

Existem dois itens básicos necessários para o bom funcionamento de um aspersor, o fluxo de água (vazão de água) e pressão. Muitos pensam apenas em termos de fluxo de água. Quanto de água eu preciso para o meu sistema? É uma consideração importante; no entanto, igualmente uma importante questão é, o quanto a pressão será que vou ter no aspersor?
Isso é fundamental!

teste para o projetoPor quê? Para fins ilustrativos, vamos ligar um aspersor num pequeno pedaço de mangueira de jardim, e, no outro extremo inserir um funil. Agora despeje um balde de cinco litros na mangueira ligada ao aspersor. O que está acontecendo? Nada! Por que não funciona? Havia abundância de água, 20 litros; assim, a água, despejando na mangueira tinha pressão insuficiente para fazer o aspersor funcionar. A pressão da água é a energia que permite que o aspersor faça o que ele foi projetado para fazer – espalhar água.

Em um mundo ideal, quando se liga a água na fonte, a pressão da água no destino seria a mesma. Errado! Alguns percentuais de pressão são perdidos quando a água passa através do medidor de água. Mais é perdido quando ela se move através de vários tubos em seu quintal e na casa. Apertando-se através das válvulas come mais pressão. Simplificando, tudo que a água encontra em sua viagem a partir da origem para o destino final é perda de pressão. O aspersor  utiliza apenas uma parte da pressão de água inicial.

Felizmente, nós temos a chave para um bom desenho de um sistema de irrigação. Deve haver pressão suficiente na entrada para permitir ao aspersor a função para qual ele foi projetado para fazer. Empregando os tamanhos corretos de tubos, válvulas, etc, pode-se controlar a quantidade de perda de pressão d´água no sistema de irrigação.

Em sistemas de irrigação, o projeto é tudo e você tem isso em poucas palavras. É fácil. Tudo que você tem a fazer é controlar a pressão em todo o sistema e colocar tubos com diametros suficientes para levar agua para todos os aspersores do setor.

Existem 5 passos básicos para o desenho do sistema de irrigação.

medidas para o projeto1. Medir o seu quintal. Medir com precisão o seu quintal e, em seguida, esboçar a área a ser irrigada. Depois que algumas necessidades de informação forem obtidas. O que é metros cúbicos por hora (m³/h) e o que é pressão da água, que é medida em metros de coluna de água (mH2O ou bar).

2. Exame das interferencias que podem reduzir a sua pressão de água – registros, joelhos, tês, válvulas. Como a água se move.

3. Comece a desenhar o sistema de aspersão em papel.

dados para projeto4. Divida o seu sistema de aspersão em zonas de layout e a rotas de tubulação. Este é o lugar onde nós estamos indo para tomar as decisões certas para criar um sistema de aspersão, que usa menos água do que a maioria e dá umas plantas mais saudáveis. Uma das principais causas de doenças nos gramados e do desperdício de água é um projeto ruim do sistema.

5. Determinar o tamanho de cada tubo e adicionar alguns pequenos detalhes. Examine a praticidade de automatizar o sistema de aspersão.

Essencialmente, este é um conceito básico para o desenho do sistema de irrigação.

Lembre-se tambem:

Controladores automáticos para sistemas automáticos – você vai precisar de um controlador (muitas vezes chamado de um “timer”) com uma “estação” para cada válvula.

Cabos para válvulas: Para os fios indo para as válvulas automáticas deve-se usar tubos eletrodutos para impedir a entrada de umidade quando se usam fios comuns. Existem cabos feitos especialmente para serem enterrados. O cabo é composto por 3 ou mais fios, separados e isolados. Um branco de cor “comum” vai do controlador para cada válvula, e um outro fio de uma cor diferente de branco vai para cada válvula do controlador.

Gostou do artigo? Para receber atualizações e novidades, informe seu email no campo abaixo.

Comentários

  1. RICARDO S BOMFIM disse:

    Muito bom , preciso q vc enviem um catálogo pra mim , meu endereço av. Getúlio Vargas, 321 centro Cruz das Almas BA CEP 44380-000 destinatário Real Bombas

  2. altemar pereira de lima disse:

    Gostei das informacoes gostaria de receber mais

  3. Jorge Pardim disse:

    Parabéns pelo artigo!
    Conte conosco para dicas e informações sobre gramas em
    http://www.agrogramas.com.br

Escreva um comentário

Comentário