Sixth

Mantenha seu gramado sempre verde sem desperdício de água e luz, Ligue agora – 21 2430-3322 _/_ vendas@irricomrio.com.br

Publicações

Sempre atualizando informações


Jardim dos sonhos – 17 dicas

22/06/2015
rainbirdrj
Nenhum comentário
Bookmark and Share

Jardim dos sonhos – 17 dicas

1) A escolha das plantas certas para cada espaço dão maior durabilidade ao jardim. “Procure a ajuda de um paisagista, profissional especializado em montar esse tipo de projeto por saber a planta ideal para cada tipo de ambiente”, aconselha a designer de interiores Ana Paula Sales.

2) Se for um espaço pequeno, utilize no máximo três espécies. Ana Paula sugere: dinheiro em penca, samambaia e orquídeas. “Fica uma combinação bem elegante!”.

3) Em apartamentos fique sempre atento ao peso da estrutura que irá abrigar o jardim vertical. “A engenharia recomenda 350kg por metro quadrado. Por isso, pense no peso do vaso, da terra, da planta e na circulação das pessoas”, adverte Ana Paula.

4) Em ambientes com bastante claridade, o ideal são espécies como a samambaia, renda-portuguesa, avenca, chifre-de-veado, lambari-roxo e a columéia, todas plantas de sol.

5) Para ambientes fechados, que têm pouca incidência de sol, o ideal é utilizar espécies de sombra como a minibromélia, peixinho, repsális, véu-de-noiva e o brinco-de-princesa.

6) Os vasos de terracota, que possuem 15cm de diâmetro e 20cm de altura, são feitos em argila cozida no forno e dão um charme todo especial para os jardins verticais. “Toda a estrutura é muito fácil de ser montada, já que é feita através do plantio das espécies em vasos de terracota, que possuem um de seus lados retos, ideais para ficar presos à parede”, informa Daniela Sedo.

7) Para os painéis, uma ótima opção de vegetação bem tropical é a mini costela de adão.

8) “Em locais que ventam muito como é o caso de alguns apartamentos, é preciso redobrar a atenção, onde há muito sol a tendência é uma adaptação mais lenta”, comenta Teresa Mastrangelli.

9) Babosa é um belo exemplo de planta que se adapta bem em um jardim vertical; se a ideia é fazer uma horta caseira, salsinha, cebolinha, manjerona, entre outras, completam a lista.

10) Jiboias, zamioculcas, filodendro, singônio e samambaias são indicadas para ambientes internos.

11) Nas varandas, jiboias e samambaias também podem ir bem, assim como orquídeas, pleomeles, antúrios e dracenas baby.

12) Boas pedidas para locais externos são: pleomeles, espadinhas, aspargos, coleos, clúsias, barba de serpentes, dianelas… “Este jardim é o que tem mais opções de plantas e podemos até ousar com trepadeiras, como jasmins e dipladênias”, afirma Regiane.

13) Teresa aconselha fazer painéis que durem mais utilizando madeiras mais firmes como ipê, itauba, peroba, cumaru e as de demolição.

14) Quando a grana está curta, reaproveite caixas de frutas ou pallets, porém, saiba que a durabilidade é menor.

15) “Se for um painel em madeira, exposto ao tempo, tem que haver uma manutenção periódica, assim como qualquer outro jardim, pois pode ocorrer uma infestação de pragas, como cupins”, avisa Regiane.

16) Evite pragas e insetos adubando seu jardim, ao menos uma vez por mês: bem alimentada, a planta se torna mais resistente.

17) É a melhor forma de proteger jardins e hortas dos animais domésticos: eles não cavam na terra, prejudicando as plantações. E o mais importante: não correm o risco de mordiscar alguma planta que faça mal para eles.

Por Uma Casa Mais Verde: Tudo Que Você Precisa Saber Para ter Seu jardim ..
http://www.jcnet.com.br/Bairros/2015/06/por-uma-casa-mais-verde-tudo-que-voce-precisa-saber-para-ter-seu-jardim-elevado.html
JCNET – Jornal da Cidade de Bauru

 

Gostou do artigo? Para receber atualizações e novidades, informe seu email no campo abaixo.

Escreva um comentário

Comentário