Sixth

Para manter seu gramado sempre verde sem desperdicio de agua e luz, ligue agora – 21 2430-3322 _/_ vendas@irricomrio.com.br

Publicações

Sempre atualizando informações


Gregory Unruh: consumo sustent?vel ? um mito

28/10/2011
rainbirdrj
Nenhum comentário
Bookmark and Share

Eu estive em mais de uma dezena de reuni?es agora com organiza??es como o F?rum Econ?mico Mundial eo Pacto Global da ONU, onde as pessoas usam a palavra “consumo sustent?vel”. Todo mundo parece gostar do termo, ent?o eu sempre perguntar-lhes: “O que voc? quer dizer com o consumo sustent?vel?” A resposta usual, depois desconfort?vel hesita??o, ? que n?o sei bem ainda. E isso n?o ? surpreendente. Que acontece a quase qualquer palavra que voc? colocou “sustent?vel” em frente.

Todos

tamb?m gosta do “desenvolvimento sustent?vel”, termo e eles podem at? mesmo papagaio volta a defini??o Brundtland (a Comiss?o das Na??es Unidas, formado em 1983 e nomeado para a norueguesa Gro Harlem Brundtland pol?tico, disse que o desenvolvimento deve satisfazer as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gera??es futuras satisfazerem suas pr?prias necessidades). Mas eles n?o podem dizer o que um liquidificador sustent?vel ou seguro de carro sustent?vel seria semelhante. Isso n?o ? um acidente. O desenvolvimento sustent?vel ? um termo que foi criada por diplomatas na esperan?a de obter diametralmente opostas ministros ambientais e econ?micas de mais de 100 pa?ses para chegar a acordo sobre algo que seus chefes de estado poderia assinar para antes do final de uma c?pula. Eles tiveram sucesso por ser precisamente imprecisa como diplomatas s? pode ser. E precisamente imprecisa ? algo que faz bem o consumo sustent?vel.

A verdade

? que o consumo sustent?vel ? um mito. Isso porque nada ? realmente consumido. Nada vai embora. E n?s sabemos isso desde o s?culo XVII, a ilumina??o pensador Antoine Lavoisier elaborou a lei da conserva??o de massa. A lei diz que a mat?ria n?o ? criada nem destru?da, apenas muda de forma. De uma perspectiva f?sica, nada nunca ? consumido. Ela s? pode ser emprestado, que ? exatamente o que a vida – e Procter & Gamble – fazer. A diferen?a entre a vida ea Procter and Gamble ? que os blocos de material de constru??o de produtos da natureza s?o constantemente reciclados a partir de uma criatura para outra. Material ? literalmente reencarnado volta para novas criaturas. Este ? o compartilhamento em um n?vel profundo, a n?vel dos blocos de material de constru??o que n?o pode ser jogado fora.

Quando voc? aceita essa vis?o que voc? come?a a pensar diferente sobre o “consumo sustent?vel” de seus produtos. Voc? come?a a pensar como a natureza, em termos de blocos de constru??o que s?o formadas na que eu chamo de plataformas sustent?vel materiais que podem ser utilizados de forma flex?vel por muitos produtos diferentes, e at? mesmo por empresas diferentes.

Exemplo

: Coca-Cola. A Coca-Cola percebeu que enquanto o refrigerante pode ser “consumido”, a embalagem resiste como maca. Na verdade, ? lixo de marca e n?o algo de uma empresa trabalhando para desenvolver uma reputa??o de sustentabilidade gosta de seus clientes para ver deitado na sarjeta.

Ent?o pensar em termos de uma plataforma de materiais, a Coca-Cola criou a garrafa de plantas totalmente recicl?veis ??que poderiam ser reciclados de volta para um novo recipiente. Mas como uma plataforma flex?vel, a garrafa planta poderia encontrar outros usos. E em fevereiro deste ano, Heinz adotado a garrafa planta para sua embalagem de ketchup. Juntas, as garrafas de Coca-Cola e Heinz compartilham uma plataforma de materiais comuns que, como outros adot?-lo, ir? resultar em economias de escala crescente, os custos unit?rios mais baixos e mais o fornecimento de mat?rias est?vel.

Quem sabe o que outros usos da garrafa planta pode encontrar, se as equipes de desenvolvimento de produtos come?ou a n?o perguntar “Qual ? o melhor material para esse uso?” mas “Como posso usar esse material nesta aplica??o?” Isso ? o que a natureza faz, produzindo de tudo, desde cer?mica de alta tecnologia para supercomputadores andar.

Portanto, tenha cuidado com o termo “consumo sustent?vel”. Se voc? ? precisamente preciso que voc? vai descobrir que nada ? consumido em todos.

???????????? Verde sobre HuffingtonPost.com

Gostou do artigo? Para receber atualizações e novidades, informe seu email no campo abaixo.

Escreva um comentário

Comentário